Compartilhe nas redes sociais

sábado, 11 de maio de 2013

ESTAMOS EM GREVE!!!! Assembleia dia 14/05 terça feira às 08:00h em frente a SEMGE...

Os servidores públicos da prefeitura de Salvador decretaram greve por tempo indeterminado na manhã desta sexta-feira (10). Os trabalhadores estiveram reunidos às 9h na sede da Secretaria Municipal de Gestão (Semge) e, na assembleia, optaram pela paralisação.
De acordo com o coordenador administrativo do Sindicato dos Servidores da Prefeitura de Salvador (Sindseps), os funcionários tomaram a decisão porque o município não apresentou nenhuma contraproposta às reivindicações da categoria.

Após a reunião, eles realizaram uma passeata até a sede da Prefeitura, com o objetivo de protocolar um documento com as solicitações da categoria para entregar ao prefeito, mas ACM Neto não estava no local.

Os servidores pedem um reajuste salarial de 20% no vencimento base dos servidores ativos, inativos, pensionistas e de empresa pública, além do mesmo aumento na tabela de gratificação de competência para todos os funcionários públicos do município. Eles também reivindicam a implantação de assistência médica, a aprovação do Plano de Cargos e Vencimentos, realização de concurso público e novos fardamentos para todas as áreas.

Em nota divulgada na tarde desta quinta-feira (10), a Prefeitura diz que “mantém a disposição de continuar o diálogo com os servidores sobre as negociações salariais, que apenas começaram. Os frutos desse processo têm como principal beneficiário o próprio servidor e, consequentemente, a cidade”.

Uma proposta está sendo elaborada pela Prefeitura para atender “ao servidor a médio e a longo prazos e que tenha como base a valorização de todos”, continua a nota..

“Vale destacar que estamos honrando em dia todos os compromissos dessa administração, incluindo as obrigações com a folha de pagamento dos servidores, que apresenta um crescimento de 24,5 % na comparação com 2012, gerando um déficit orçamentário estimado para 2013, nas dotações de pessoal, da ordem de R$100 milhões”, completa.

De acordo com a Secretaria Municipal de Gestão (Semge), este é um momento de “reflexão, de fortalecimento do diálogo e que não cabe qualquer manifestação de radicalismo que interfira na construção de uma relação de respeito mútuo, cujo interesse maior tem como objetivo servir à população e a cidade do Salvador”.

Situação dos Servidores de Salvador


Só tenho uma pergunta: Onde foi parar esse 24,5% de aumento? Pro meu bolso não foi, porque meu salário continua R$ 580,43

No dia 14/05 haverá outra assembleia onde será definida se permanecerá a greve ou não.


Quem não luta pelos seus direitos, não é digno de tê-los!!!
Rui Barbosa

Compartilhe: