Compartilhe nas redes sociais

segunda-feira, 18 de maio de 2015

Se tivéssemos aceito a proposta da SEMGE de "Incorporar a Grat SUS", o que poderíamos perder quando o Piso Salarial estiver valendo?

Olá colegas, pegando esse gancho do retrospecto resolvi mostrar algo: como estaríamos hoje se aceitássemos a proposta da SEMGE, no quesito que diz sobre a incorporação da Gratificação SUS, que associação e os sindicatos queriam tanto enfiar na nossa cabeça que era a melhor coisa a fazer.

Com a definição do piso cada dia mais perto de ter um desfecho, criei esse post para servir como alerta, para o que ACM Neto (DEM) e sua equipe juntamente com a associação e sindicatos não nos enrole para o que é nosso de direito, que é o nosso Pisao Salarial!
Tendo visto, vamos comparar hoje se essa era a melhor opção ou não para ver quem estava errado: A categoria, ou as entidades!

Na época o secretário de gestão Paupério, veio com a seguinte proposta para o SINDACS, SINDSEPS e AACES, de incorporar a Grat. SUS para que tivéssemos um salário base superior ao do Salário Mínimo, já que tanto na época, quanto hoje, recebemos menos do que o Salário Mínimo Nacional R$ 692,08, enqanto o SM está em R$ 788,00.

Vamos relembrar a proposta:
  • Incorporação de 20% da gratificação SUS em novembro 2013, com isso, perderíamos 50% da Gratificação SUS, iria como base;
  • Incorporação de 20% da gratificação SUS em novembro 2014, com isso perderíamos os outros 50% da Gratificação SUS, iria como base e essa gratificação DEIXARIA DE EXISTIR.

Vamos aos reajustes da época:

Em 2013 tivemos reajuste de 2% mais 3,84% em novembro, que ficou em 5,84%
Em 2014 tivemos reajuste de 3,63% no Salário Base mais 2,5% de avanço Gratificação de Competência.

Vamos para a simulação:

Ano de 2013, se aceitássemos a proposta (Clique na imagem para ampliar):


Sairíamos com o bruto de R$ 150,00 a mais, mas não poderíamos esquecer que os descontos do PREVIS seriam aumentados também.


Como ficaria o ano de 2014 e recebendo o piso em 2015 com a proposta da SEMGE aceita (Clique na imagem para ampliar):



Nesse prospecto ainda teríamos um valor superior bruto de R$ 228,65 acima do anterior. Mas infelizmente a gratificação SUS iria deixar de existir para nós.

Mas não podíamos esquecer que o Piso Salarial na época estava em grande avanço, e com isso também teria consequências, vamos vê-las abaixo:

Agora vejam a diferença do nosso piso salarial integral e sem a Grat SUS (Clique na imagem para ampliar):

Imaginem se fôssemos pela cabeça do pessoal da associação e do sindicato o quanto iríamos perder?

Iríamos perder R$ 441,60 de gratificação integral, essa o PREVIS não desconta!

Por essas e outras razões que temos que ficar com os olhos abertos e sempre atentos a essas propostas cheio de curvas!

Graças ao nosso blog e a coragem de alguns agentes que pegaram o microfone na hora certa para abrir os olhos dos colegas, esse mal não nos afetou.

Por pouco não levamos gato por lebre!!!


Só falta o Prefeito cumprir a lei e pagar o nosso piso!!
Compartilhe: