Compartilhe nas redes sociais

quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Salvador registra 144 casos de leptospirose e 10 óbitos, de janeiro a setembro

Apontada por especialistas como a cidade com maior infestação de ratos do país, Salvador registra 144 casos de leptospirose e 10 óbitos, de janeiro ao início de setembro deste ano, de acordo com matéria veiculada no jornal Tribuna da Bahia. 

Provocada pela urina do rato, a doença tem maior incidência em cinco dos 12 Distritos Sanitários da cidade, o que abrange 34 bairros, como afirmou a bióloga Maria Gorete Rodrigues, responsável pelo Plano de Controle de Roedores do Centro de Zoonoses da capital, à Tribuna da Bahia.

Os 15 bairros do Subúrbio Ferroviário são apontados como os de maior presença de ratazanas pela ausência de saneamento básico na localidade. Apesar dos períodos de chuva serem mais propícios para a contaminação - o maior registro ocorreu após as chuvas de maio -, a bióloga ressalta que a doença continua a ser um "perigo iminente para a população, dada a presença de roedores em todos os locais da cidade cuja precipitação de chuvas é constante". Segundo Maria, apenas 10% das contaminações são notificadas. o Centro de Zoonoses conta com 80 agentes para cobrir toda a cidade.
Fonte: Bahia Notícias
Compartilhe: