Compartilhe nas redes sociais

domingo, 2 de julho de 2017

Saiba o calendário para o PIS 2017/2018.


O PIS é um dos mais importantes benefícios do Governo ao trabalhador aqui no Brasil. Mais conhecido como o abono salarial, ou o décimo quarto salário dos trabalhadores, ele é pago todos os anos pelo o Ministério do Trabalho junto com a Caixa Econômica Federal que é sua parceira nesta causa, ela é o banco responsável em repassar as verbas para os contemplados. Tem direito ao PIS 2017 todo o trabalhador registrado em empresa privada que atenda aos requisitos legais estabelecidos pelo o programa.

PARA SABER SOBRE O CALENDÁRIO DO PASEP, CLIQUE AQUI!

Qual o Valor do PIS 2017?

O valor pago ao trabalhador varia de acordo com o tempo de carteira assinada durante o ano base, e a base de cálculo do valor do abono salarial é o Salário Mínimo. Cada mês trabalhado com carteira assinada para empresa da iniciativa privada dá direito ao trabalhador a 1/12 do valor do salário mínimo, portanto, só terá direito ao valor integral do benefício o trabalhador que tiver trabalhado durante os 12 meses do ano base com a carteira assinada. Confira abaixo a tabela de pagamentos proporcionais do valor do Abono salarial de acordo com o tempo de serviço com a carteira assinada durante o ano base:

Meses trabalhados com Carteira Assinada (dias)    Valor do Abono Salarial

1 mês (30 a 44)                                                                R$ 79,00
2 meses (45 a 74)                                                              R$ 157,00 
meses (75 a 104)                                                            R$ 235,00
meses (105 a 134)                                                          R$ 313,00
meses (135 a 164)                                                          R$ 391,00
meses (165 a 194)                                                          R$ 469,00
meses (195 a 224)                                                          R$ 547,00
meses (225 a 254)                                                          R$ 625,00
meses (255 a 284)                                                          R$ 703,00
10 meses (285 a 314)                                                        R$ 781,00
11 meses (315 a 344)                                                        R$ 859,00
12 meses (345 a 365)                                                        R$ 937,00

Para esse cálculo, porém, só se considera o tempo de carteira assinada para empresa da iniciativa privada, eu se o vínculo jurídico seja celetista em repartições públicas. Porém que é servidor estatutário não participa do PIS e sim do programa PASEP do Banco do Brasil (Saiba o calendário do PASEP, clicando aqui!), tampouco empregador doméstico, que não são obrigados a inscrever o trabalhador no Programa de Integração Social.

O valor de pagamento do PIS é de um salário mínimo vigente, isso se o trabalhador, trabalhou no mínimo 30 dias registrado no ano anterior ao vigente, caso tenha trabalhado menos de 30 dias pela a nova regra o trabalhador recebe o seu abono salarial proporcional.

Calendário PIS 2017

A Calendário PIS 2017, ou simplesmente o calendário do PIS, é divulgado todos os anos pelo o Governo Federal, esse ano houve mudança referente ao pagamento do abono que teve impacto nos pagamentos do ano de 2017 sendo estendidos até o final de março deste ano 2017, essa foi uma jogada bem estratégica do Governo Federal para reduzir as despesas e os gastos do orçamento da UNIÃO DE 2016, passando parte deste gastos para o orçamento de 2017, a única pessoa que saiu perdendo nesta história foi o trabalhador que está contando com aquele dinheiro a mais, nos meses já de costume do pagamento do benefício.


O crédito em conta para correntistas da CAIXA será efetuado a partir de Julho/2017 conforme tabela abaixo:


Quem tem direito ao PIS?

Para possui direito ao abono salarial o trabalhador:
  • Precisa ter inscrição no PIS de no mínimo 5 anos cadastrado no programa de integração Social;
  • Ter trabalhado 30 dias no ano anterior ao vigente com carteira assinada;
  • Precisa estar em dias com as pendências do ministério do trabalho;
  • Deve também receber um salário mensal que não ultrapasse a faixa de 2 salários mínimos no período vigente.
Obs.: Atenção: só terá direito ao abono Caixa o trabalhado com a carteira para empresa da inciativa privada. Que teve a carteira assinada por empresa pública – seja municipal, estadual ou federal – terá direito a outro benefício similar, o PASEP 2017, pago pelo Banco do Brasil.

PIS ou PASEP?

O abono salarial é pago tanto para servidores públicos quanto para trabalhadores da iniciativa privada: a diferença é que os trabalhadores da iniciativa privada recebem através do PIS, que deve ser sacado na Caixa Econômica Federal, e os servidores públicos estatutários precisam sacar o PASEP 2017 em agências do Banco do Brasil.

As regras dos dois programas são muito similares, embora o PIS seja distribuído de acordo com a data de nascimento do trabalhador, enquanto que o PASEP será distribuído de acordo com o último dígito do número do abono do servidor público.

Como sacar o abono salarial?

O PIS 2017 possui vinculo único e exclusivo com a Caixa Econômica Federal, a mesma e responsável em repassar as verbas dos benefícios Governamentais para os seus beneficiários.

Tendo direito ao benefício, você pode realizar o saque em qualquer agencia de atendimento Caixa Econômica Federal ou em qualquer casa lotérica: basta esta portando:
  • Seu cartão cidadão;
  • Senha cadastrada para realizar transações bancarias dos benefícios;
  • Documento de identificação com foto.
  • Caso não tenha o cartão pode comparecer a qualquer agencia da caixa e no caixa de atendimento solicitar a atendente consulta e saque do benefício, para isso é necessário esta portando o número do seu PIS e o seu documento pessoal de identificação com foto, é importante que ser solicite também em qualquer agencia Caixa o cartão cidadão para que lhe dei mais flexibilidade para realizar transações a referente a benefícios previdenciários.

Consulta Abono Salarial Caixa

A tecnologia veio para flexibilizar de vez a nossa vida, pensando nisso a caixa disponibiliza em seu portal, consultas de saldos e extratos dos benefícios previdenciários, basta acessa o site e com a numeração do seu PIS, mais senha de cadastro que é feita na hora você passa a ter acesso a saldos e extratos dos seus benefícios, como FGTS, seguro desemprego, recolhimento do PIS 2017 e todos os outros benefícios disponibilizados pelo o Governo.

Através do 0800 726 0207 e o número do seu PIS em mãos, você consegue obter informações do seu benefício.

Onde posso encontrar o número do PIS?

Esse número está disponível em uma série de documentos do cidadão. É o mesmo número usado, por exemplo, para vincular o trabalhador à Previdência Social. Ele pode ser encontrado nos seguintes documentos:
  • Carteira de Trabalho – Presente junto com os dados do cidadão;
  • Cartão Cidadão – Trata-se do número impresso na frente do cartão;
  • Cartão do Bolsa família – Caso você seja beneficiário do Programa Bolsa Família, o cartão desse benefício também contém o número impresso;
  • Carteira de identidade – Não são todos os modelos que contém o número, somente os mais recentes, e se você tiver emitido uma nova via da sua carteira após ter feito a sua carteira de trabalho, quando é realizado o cadastro junto ao PIS
Como encontrar o número do PIS?

O número do documento pode ser encontrado em vários documentos do trabalhador, porém, ele pode ser identificado de forma diferente, dependendo de onde o trabalhador estiver consultado. Todas as nomenclaturas abaixo se referem ao mesmo documento, que pode ser usado para consulta do abono salarial:
  • PIS;
  • PIS/PASEP;
  • NIS;
  • NIT.
Cotas do PIS 2017

Qualquer pessoa com mais de 70 anos de idade, ou aposentados de qualquer idade que tenham trabalhado com a carteira assinada antes de 4 de outubro de 1988 podem ter direito às cotas do PIS/PASEP.

Para consultar o saldo das suas cotas, o trabalhado que tiver trabalhado com carteira assinada para o poder público deve procurar uma agência do Banco do Brasil, ou se tiver trabalhado para a iniciativa privada, deve procurar a Caixa Econômica Federal, sempre munido de um documento de identificação.

*Vale lembrar que apenas o saldo das cotas do PIS é cumulativo. Se você têm direito ao abono salarial 2017, não perca tempo e saque o saldo do seu benefício até o dia 30 de junho, ou você perderá o direito de sacar o seu benefício.
Compartilhe: