Compartilhe nas redes sociais

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

"FANTASMA" do PASEP, assola novamente os Agentes de Saúde de Salvador! Teremos uma reunião para debater a solução!


Olá colegas! Mais uma vez o fantasma do PASEP assola nossa categoria. Depois de 2016, que muitos agentes (quase 90%), ficaram sem o PASEP, com muitos desta vez está acontecendo a mesma coisa.

Mas afinal, o que houve em 2016?

Depois de irmos até ao Ministério do Trabalho e Emprego - MTE em 2016, porque a grande maioria dos Agentes ficaram sem PASEP, nós não tivemos uma resposta clara sobre o que houve.
O MTE disse que a RAIS informada pelo Município estava correta. Mas que o órgão não tinha como confirmar se o conteúdo estava tudo certo.

A teoria informada pela SMS, é que na época o reajuste que os agentes de saúde tiveram, equiparou o vencimento ao salário mínimo. E que quando somou com as gratificações (excluindo transporte, alimentação, portal da universidade ou educação e 13°), a remuneração superou dois salários mínimos.

Novamente acontece a mesma coisa com a categoria!

Dessa vez o município não tem essa resposta! Estamos há dois anos sem reajuste e mesmo somando o vencimento base e as gratificações, não chega no valor de dois salários mínimos!

O que pode ter acontecido?

  • Ter feito horas extras em 2016;
  • Trabalhou no período do carnaval em 2016;
  • Trabalhou em outro local de carteira assinada em 2016;
  • Agentes que receberam o estorno da falta de 2015 em 2016.
Se você não se enquadrou nessas regras, então teremos uma reunião para tentar entender a situação, na sexta feira, dia 11/08, no SINERGIA, às 10:00 às 12:00 e das 14:00 às 17:00 e local a combinar!

OBS.: Será necessário contracheques de Janeiro à Dezembro de 2016, para análise.

Compartilhe: