Compartilhe nas redes sociais

terça-feira, 2 de abril de 2013

União, só assim venceremos a Gestão!!!



Dentro de todos esses acontecimentos que está acontecendo na nossa categoria, como três assembleias na mesma semana, três pautas de reivindicação com o gestor, que é muito perigoso porque quando ele buscar a nossa pauta e ver três, no mínimo vai saber que a categoria é fragmentada e isso será mais uma arma contra nós. Por isso vou lembrar uma antiga parábola:

Em 1851, o filósofo alemão, Arthur Schopenhauer, expôs a parábola do porco-espinho.



Durante uma era glacial, muito remota, quando o Globo terrestre esteve coberto por densas camadas de gelo, muitos animais não resistiram ao frio intenso e morreram indefesos, por não se adaptarem as condições do clima hostil.

Foi então que uma grande manada de porcos-espinhos, numa tentativa de se proteger e sobreviver, começou a se unir, a juntar-se mais e mais. Assim cada um podia sentir o calor do corpo do outro. E todos juntos, bem unidos, agasalhavam-se mutuamente, aqueciam-se, enfrentando por mais tempo aquele inverno tenebroso. Porém, vida ingrata, os espinhos de cada um começaram a ferir os companheiros mais próximos, justamente aqueles que lhes forneciam mais calor, aquele calor vital, questão de vida ou morte. E afastaram-se, feridos, magoados, sofridos.

Dispersaram-se por não suportarem mais tempo os espinhos dos seus semelhantes. Doíam muito…….

Mas, essa não foi a melhor solução: afastados, separados, logo começaram a morrer congelados.Os que não morreram, voltaram a se aproximar, pouco a pouco, com jeito, com precauções, de tal forma que, unidos, cada qual conservava uma certa distância do outro, mínima, mas suficiente para conviver sem ferir, para sobreviver sem magoar, sem causar danos recíprocos. Assim, aprendendo a amar, resistiram a longa era glacial. Sobreviveram.

Isso que condiz com a nossa realidade de hoje. Se não nos despirmos da nossa vaidade, e não aprender a conviver com as diferenças, nós vamos ser engolidos pelo inverno, que é a administração. 

Mas nada está perdido, vamos lançar a proposta em todas as assembleias para fazermos uma única assembleia e uma ÚNICA PAUTA.

Por favor, esse é um apelo para nos unirmos pelo menos nesse momento onde o nosso futuro está em jogo, não importa se um é cabeludo ou o outro careca, o que queremos é resultado!
Quando acabar a campanha salarial, voltem para suas disputas e defendam seus interesses, mas agora o interesse tem que ser COLETIVO!



"A vaidade é o caminho mais curto para o paraíso da satisfação, porém ela é ao mesmo tempo, o onde a burrice melhor se desenvolve."
Augusto Cury


Participe, dê sua opinião, aflore suas ideias no nosso Grupo no Facebook, lá o espaço é livre para todos!!!

Compartilhe: