Compartilhe nas redes sociais

sábado, 14 de junho de 2014

Fifa proíbe bombeiros de fazer última vistoria e Arena das Dunas não tem laudo de liberação

A Arena das Dunas, palco de México x Camarões, às 13h desta sexta-feira, não foi liberada pelo Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Norte. O tenente Christiano Couceiro, responsável pela vistoria, disse que a Fifa proibiu a corporação de fazer uma última inspeção no estádio pela manhã, horas antes da partida. Segundo Couceiro, a alegação da Fifa é de que após a inspeção antibombas realizada pela Polícia Federal, na véspera, não é mais permitida a entrada de pessoas na arena antes da circulação do público e dos torcedores. O tenente responsabilizou a Fifa em caso de acidente na arena e disse que deve realizar a inspeção quando os portões abrirem, mesmo com público já no estádio.


Segundo Couceiro, todas as informações serão repassadas à Secretaria de Segurança do Rio Grande do Norte para que seja encaminhada à Secretaria Nacional. Sem acesso à Arena, o tenente avisa que os Bombeiros se isentam de qualquer responsabilidade:

- A vistoria foi cancelada, não liberamos a Arena, então, se por acaso acontecer alguma fatalidade, a responsabilidade é da Fifa. É uma situação delicada, mas não poderíamos nos omitir. Houve um secretário (Demétrio Torres, da Secopa) que chegou a dizer que eu estava querendo aparecer, mas não vou entrar nessa discussão. Temos que fazer nosso trabalho.

Apesar de não haver o laudo dos bombeiros liberando a Arena das Dunas, a Secretaria Extraordinária para Assuntos Relativos à Copa (Secopa) garanta que o estádio está totalmente pronto. Demétrio Torres, responsável pelo órgão, chegou a afirmar que o estádio poderia inclusive já receber jogos desde quarta-feira.

Nos últimos três dias, o órgão vistoriou o estádio e, nesta quinta-feira, ainda faltavam guarda corpos (estrutura de proteção como a que cobre o vão entre o corrimão e o chão, por exemplo) e a fixação de algumas cadeiras.

A Arena das Dunas, uma das obras mais atrasadas para a Copa, ainda estava correndo contra o tempo no início da semana para instalar os 11 mil assentos novos, o que adiou a vistoria dos Bombeiros. No entorno do estádio, um grande canteiro de obras é a prova de que ainda há o que fazer. Uma passarela e um viaduto inacabados são o exemplo disso.

"Quando o interesse é o avaliador dos homens, das coisas e dos eventos, a avaliação é quase sempre imperfeita e pouco exata."
Marquês de Maricá


Nossa Hashtag:
#AgentesdeSaúde

Curta nossa pagina no Facebook:

Ivando Agente de Saúde

Participe, debata e dê sua opinião do Nosso Grupo no Facebook:

Agentes de Saúde Salvador

Participe, debata e dê sua opinião do maior Grupo sobre Agentes de Saúde no Facebook:

Agentes de Saúde do Brasil

Me add no Facebook:

Ivando Agente de Saúde

Sigam-me no Twitter:

IvandoAg.Saúde
Compartilhe: