Compartilhe nas redes sociais

sábado, 6 de dezembro de 2014

O CEREST Salvador promove sessão temática sobre Violência no Trabalho e assédio moral.

O CEREST Salvador promove sessão temática sobre Violência no Trabalho no dia 10/12 às 14h no auditório da DVIS, localizado na Av. Vasco da Gama, no prédio do Complexo Municipal de Vigilância em Saúde (CMVS), Antiga COSAM.

A sessão irá discutir o tema da Violência com a Médica Sanitarista do Observatório de Violência da Saúde, Maria Eunice Kalil.

Na oportunidade, serão discutidas as diversas formas de violência no trabalho, a exemplo da violência urbana, ASSÉDIO MORAL, o trabalho infantil, entre outras. A sessão é aberta ao público e destinada aos interessados no tema.

É muito bom os Agentes de Saúde participem dessa temática,porque está voltando ao tempo do coronelismo do ASSÉDIO MORAL da categoria..

O que são CEREST's
Os CEREST´s são Centros de Referências Especializados em Saúde do Trabalhador cuja finalidade é a de ampliar a Rede Nacional de Atenção à Saúde dos Trabalhadores (RENAST), integrando os serviços do Sistema Único de Saúde-SUS, voltados à Assistência e a Vigilância, de forma a congregar/unificar os esforços dos principais executores com interface na Saúde do Trabalhador, tendo como objetivo atuar, prevenindo, controlando e enfrentando, de forma estratégica, integrada e eficiente, os problemas de saúde coletiva como as mortes, acidentes e doenças relacionados com o trabalho.

O que o CEREST faz?

Presta atendimento especializado aos trabalhadores acometidos por doenças e/ou agravos relacionados ao trabalho. Realiza promoção e proteção dos trabalhadores, investiga as condições do ambiente laboral, utilizando dados epidemiológicos obtidos através dos atendimentos clínicos e das notificações e comunicações de acidente do trabalho (NAT e CAT), bem como informações provenientes das visitas aos locais de trabalho, em conjunto com as Vigilâncias: Epidemiológica, Sanitária e Ambiental (Vigilância em Saúde do Trabalhador).
As atividades dos Cerests devem, necessariamente, estar articuladas com os demais serviços da rede do SUS e outros setores de governo (intra e interionstitucional), que devem orientar e fornecer retaguarda, a fim de que os agravos à saúde relacionados ao trabalho possam ser atendidos em todos os níveis de atenção, de forma integral e hierarquizada.
Este suporte deve se traduzir pela função de inteligência, acompanhamento e práticas conjuntas de intervenção especializada, incluindo ações de vigilância e formação de recursos humanos.

Quem é atendido?

    Trabalhador encaminhado pela Rede Básica de Saúde, trabalhador formal dos setores privados e públicos, trabalho autônomo, trabalhador informal, trabalhador desempregado acometido de doença relacionada ao trabalho.

Como é o atendimento?
 
   Uma equipe de profissionais qualificados faz um diagnóstico do estado de saúde do usuário. Constatada a relação da doença com o trabalho, ele é atendido no ambulatório de saúde do trabalhador ou e encaminhado a outros serviços especializados da rede SUS.

Que documentos levar? 

Carteira de identidade; Carteira Profissional; Exames; Laudos; Atestados médicos relacionados com a doença ou o acidente de trabalho; comprovante de endereço. 

O que o CEREST não faz? 

Atendimento de emergência, exames: admissionais, demissionais, periódicos e de mudança de função, atestado de saúde física ou mental e/ou processos de insalubridade ou periculosidade.

"Em nenhum cargo você encontrará na lista de deveres a prática do assédio moral, mas há quem pratique como sendo uma das atribuições inerentes a ele."
Ednete Franca

Nossa Hashtag:
#AgentesdeSaúde

Curta nossa pagina no Facebook:

Ivando Agente de Saúde

Participe, debata e dê sua opinião do Nosso Grupo no Facebook:

Agentes de Saúde Salvador

Participe, debata e dê sua opinião do maior Grupo sobre Agentes de Saúde no Facebook:

Agentes de Saúde do Brasil

Me add no Facebook:

Ivando Agente de Saúde

Sigam-me no Twitter:

IvandoAg.Saúde
Compartilhe: