Compartilhe nas redes sociais

sexta-feira, 13 de março de 2015

Garis anunciam greve a partir da 0h desta sexta-feira no Rio.

O Rio deve amanhecer nesta sexta-feira (13) sem coleta de lixo. Depois de uma assembleia realizada na tarde desta quinta-feira (12), os garis decidiram entrar em greve a partir da meia noite. A Comlurb adiantou que vai acionar a Justiça alegando que o movimento é ilegal, destacando que o período de negociação se encerra em 31 de março.


De acordo com a Sindicato dos Empregados de Asseio e Conservação do Rio de Janeiro, os garis rejeitaram a proposta de reajuste salarial anual de 3% feita pela Comlurb. Os trabalhadores exigem aumento salarial equivalente ao índice da inflação, além de 40% de acréscimo no adicional de insalubridade e vale-alimentação de R$ 27 por dia.

Em nota, a Comlurb criticou o anúncio de greve, destacando que, por lei, a deflagração de um movimento grevista exige aviso prévio de 72h e garantia de contingente mínimo de trabalho para garantir a prestação de serviços essenciais. O órgão afirmou que vai ajuizar ação pedindo que seja declarada a ilegalidade da greve.

O G1 tentou contato com o sindicato, que não atendeu às ligações.

Vitória em 2014

No carnaval do ano passado, os garis do Rio cruzaram os braços por oito dias. O movimento foi liderado por um grupo de dissidentes e não contou com o apoio do sindicato. Toneladas de lixo ficaram espalhadas por toda a cidade enquanto durou o impasse entre a Comlurb e a categoria, que saiu vitoriosa.
Os garis conseguiram quase 40% de aumento salarial. Segundo a Comlurb, hoje os garis do Rio têm a maior remuneração da categoria no país.

QUERO PARABENIZAR A CORAGEM E A LUTA DESSA CATEGORIA GUERREIRA!
Compartilhe: