Compartilhe nas redes sociais

quarta-feira, 18 de março de 2015

Insatisfação: Apesar de conquistarem piso salarial nacional, Agentes Saúde de Simões Filho dizem insatisfeitos

A equipe do “Mapelenews” acompanhou na segunda-feira (16), a reunião dos agentes comunitários de saúde e combate às endemias, na Câmara Municipal de Vereadores de Simões Filho junto com o sindicato da categoria que informou a conquista do piso salarial nacional de R$ 1.014,00 aprovado pelo Congresso Nacional em junho de 2014, porém alguns agentes nos procuraram e dizem insatisfeitos com a falta de incentivos, como treinamentos, fardamentos, benefícios e também em relação à fraca autonomia e representatividade do sindicato (SINDACS/BA).

“Não adianta somente dar o piso nacional; é preciso dar materiais de trabalho, fardamentos. Está muito difícil trabalhar com as comunidades, porque não temos o que oferecer. Não temos mais treinamentos, falta papel, borracha, prancheta, fardamento. O agente comunitário de saúde em Simões Filho está sendo mais um boneco”, disparou a Agente de Saúde.

Segundo a agente de saúde a categoria não tem mais acesso a fazer marcações de consultas. Os agentes revindicam exames periódicos, que segundo a agente entrevistada, muitos agentes se encontram doentes; sem crachás, sem materiais didáticos e essencialmente leis que os fortaleçam. “Nós precisamos sim de leis que nos beneficiem e que nos assegure, um decreto se cai qualquer hora, leis nos fortalecem”, disse  uma Agente de Saúde.

Ainda segundo os agentes, o sindicato não os representa e necessitam de pessoas que tenham mais vontade de lutar em prol da categoria. “Minha insatisfação total é com o sindicato (SINDACS/BA) que praticamente está aqui para ganhar nosso dinheiro, porque 4 anos sem fardamento e agora diz que precisa esperar mais. O sindicato (SINDACS/BA) diz que não tem acesso ao prefeito e como um sindicato não tem acesso ao gestor para negociar? – e o 7 meses que nós perdemos porque o retroativo é referente a junho do ano passado”, disparou outro Agente de Saúde.
Fonte: Mapele News

"É necessáro adoecer de insatisfação, para mudar a realidade."
Evan do Carmo
Compartilhe: