Compartilhe nas redes sociais

terça-feira, 28 de abril de 2015

Vereadores acusam prefeito ACM Neto de reter emendas para evitar 'tragédia anunciada' e que o prefeito só se preocupa com festas.

Após deslizamento de terra ocorrido na manhã desta segunda-feira (27), na localidade do Marotinho, próximo ao Bom Juá, o vereador Gilmar Santiago (PT) acusou a prefeitura de bloquear emendas de sua autoria que seriam destinadas a intervenções na região.

De acordo com o petista, as emendas tinham valor de R$ 100 mil e R$ 50 mil e não foram liberadas pela prefeitura.



“O que aconteceu não foi por falta de alerta dos vereadores e boa parte da imprensa. Então, que não venham o prefeito ACM Neto e sua equipe falar em exploração política”, disse Gilmar, que classificou o desastre como “uma tragédia anunciada”.

Segundo Vânia Galvão, "ACM Neto só se preocupa com festas", Líder do PT na Câmara Municipal de Salvador, disse que “não há, por parte da prefeitura de Salvador, preocupação em preocupação em preparar a cidade para o momento das chuvas. Não fazem drenagem, não têm plano de contenção de encostas, e quem mais sofre é a população carente. ACM Neto é um prefeito midiático, que só se preocupa com festas", reclamou Vânia. Ainda este ano, Salvador deve ganhar mais dois eventos no seu calendário de festas: uma micareta, que deve ser realizada em outubro, na Orla; e uma festa fechada com grandes artistas da axé music, no Centro Administrativo da Bahia (CAB).

"Enquanto houver a cultura do pão e circo, o povo continuará sendo tratado como palhaço."
Heitor Fillipe Batista
Compartilhe: