Compartilhe nas redes sociais

sábado, 30 de janeiro de 2016

Prova para Agente de Endemias é mais concorrida do que Medicina na USP

Agentes da vigilância epidemiológica visitam casas em Sorocaba (Foto: Reprodução/TV Tem)Agentes de combate à dengue visitam casas em
Sorocaba (Foto: Reprodução/TV Tem)
O processo seletivo para contratação de agentes de combate às endemias em Sorocaba (SP) bateu o nível de concorrências dos vestibulares mais disputados do país. A relação de candidato por vaga passou o curso de medicina no campus de São Paulo da Universidade de São Paulo (USP) e chegou a 59,42, maior que os 58,75 do vestibular. Ao todo, 7.131 pessoas se inscreveram para preencher as 120 vagas de trabalho.
Conforme divulgado pela Fuvest em novembro de 2015, além de medicina, entre os cursos com mais candidatos por vagas da USP estão psicologia (59,80) e relações internacionais (43,08). O curso de medicina em Ribeirão Preto é o que mais apresentou mudanças passando de 50,51 candidatos por vagas em 2015 para 71,93 em 2016.
A carga horária de trabalho para o agente de combate às endemias será de 40 horas semanais, com salário-base de R$ 1.246,70. A prova para os candidatos à agentes contra a dengue será no dia 24 de janeiro, na Faculdade Anhanguera, localizada na Avenida Doutor Armando Pannunzio, 1.478.
Do total de inscritos, quatro são deficientes e cumpriram as determinações especificadas no edital. O processo seletivo é válido por um ano, prorrogável a critério da prefeitura, que não está obrigada a aproveitar todos os candidatos aprovados.
A prova
O processo seletivo será de caráter eliminatório e classificatório, com 50 questões de múltipla escolha, com cinco alternativas cada uma. No dia da prova, a abertura dos portões ocorrerá às 8h15. Em hipótese alguma será permitida a entrada do candidato após o horário previsto. A aplicação do teste começará as 9h.
Somente será admitido para realizar a prova o candidato que estiver com documento de identidade original com foto. Ele deverá portar, ainda, caneta esferográfica azul ou preta, lápis e borracha. A recomendação é que o candidato compareça ao local da prova com antecedência mínima de 45 minutos.
Não será permitido ao candidato usar óculos escuros e acessórios como boné, chapéu, gorro, bem como cachecol ou manta e luvas. O mesmo vale para dispositivos eletrônicos. É vedado o uso de máquinas calculadoras, agendas eletrônicas ou similares, telefones celulares, smartphones, tablets, ipod, gravadores, pen drive, mp3 ou similar, relógio ou qualquer receptor ou transmissor de dados e mensagens. O descumprimento desta determinação implicará na eliminação do candidato, caracterizando-se como tentativa de fraude.
Rotina de agentes consiste em visitar casas e localizar irregularidades (Foto: Reprodução/ TV TEM)Rotina de agentes consiste em visitar casas e localizar irregularidades (Foto: Reprodução/ TV TEM)
Compartilhe: