Compartilhe nas redes sociais

terça-feira, 7 de junho de 2016

REVOLTA: Dar 0% de reajuste para servidores municipais é legítimo, considera Tinoco. #VOMITAÇONELE!

Presidente da Comissão de Finanças, Orçamento e Fiscalização da Câmara Municipal de Salvador (CMS), o vereador Claudio Tinoco (DEM) considerou a proposta de reajuste de 0% para os servidores municipais “legítima”.

Em entrevista ao Bocão News, Tinoco afirmou que o porcentual “não foi novidade”, pois a Secretaria Municipal de Gestão (Semge) já remetia para a necessidade de analisar o quadrimestre. “Nós defendemos é que a prefeitura fizesse esse papel [de discutir o reajuste], uma vez que a gente percebe movimentos e precisamos que as partes se posicionassem. Quem mais perde com a greve é a população”, avaliou, já vislumbrando uma paralisação.

Ainda segundo o legislador, ele espera que o sindicato dos servidores municipais use da “consciência” e leve em conta os “avanços dos últimos três anos”. “Esperamos que não aja paralisação. Todo processo de negociação foi na mesa nos últimos anos. S categoria teve inúmeras melhorias, os agentes de saúde tiveram um ganho de o dobro da inflação buscando corrigir o piso”, relembrou.

ELEIÇÃO – Outra expectativa de Tinoco é de que dirigentes do sindicato não usem do ano eleitoral e de uma possível greve pare capitalizar votos. “Confiamos nos servidores e esperamos que as lideranças sindicais não usem do ano eleitoral para manobrar a massa. Alguns líderes do sindicato são candidatos a vereador”, indicou, sem nomear os “líderes”.
Fonte: Bocão News

Minha opinião:

O vereador, Cláudio Tinoco, veio até meu facebook, e respondeu à campanha #vomitaço (CLIQUE AQUI!). Leia abaixo:

"Vamos lá, já esperava essa reação de sindicalistas, sobretudo em ano eleitoral, quando seus dirigentes saem candidatos e aproveitam as legítimas reivindicações para polemizar e criar suas bandeiras de campanha. Primeiro, não falei em percentual "justo" e sim "legítimo". Ora, quem estabelece o percentual é o Executivo, baseado em critérios técnicos, legais, orçamentários e financeiros, a partir das negociações travadas com os representantes dos servidores. Portanto, legítimo, sim. O que seria "justo"? Qual o pedido do sindicato? Apresentem e discutam com a Prefeitura. No entanto, na qualidade de Presidente da Comissão de Finanças, Orçamento e Fiscalização, bem como homem público bom observador e responsável, conheço o cenário e assumo posições objetivas e transparentes. Na semana passada, conhecemos o desempenho das finanças da Prefeitura, no primeiro quadrimestre de 2016 (janeiro a abril), quando constatamos uma queda real na arrecadação de 8,84%, sob uma inflação prevista para esse ano de 7% e um PIB com retração (negativo) de 3,71%, fruto de uma das piores crises deste país, que elevou assustadoramente o desemprego, são quase 12 milhões de desempregados; tirou a capacidade de pagamento das famílias; fechou cerca de 1 milhão de empresas; e tem feito muitos governos estaduais e municipais parcelar o pagamento de servidores e já solicitar a suspensão do pagamento de dívidas com a União (moratória) para conseguirem pagar as folhas de pagamento dos meses finais e o 13º salário de 2016. Não obstante, acompanhamos as medidas da Prefeitura de Salvador para manter o equilíbrio fiscal das suas contas e garantir o regular pagamento dos servidores, a manutenção da administração e os investimentos na cidade. Em janeiro deste ano, a Prefeitura precisou contingenciar R$ 1,5 bilhão para manter a política de austeridade necessária sobretudo nos anos de 2015 e 2016, quando a crise nacional passou a afetar diretamente as transferências constitucionais e a receita do Município. Contudo, reconhecemos e valorizamos a postura desta gestão, que aprovou, com o apoio da Câmara Municipal e o meu voto, inúmeros avanços e melhorias funcionais e salariais para o conjunto dos servidores públicos municipais e categorias específicas, com novos planos de carreiras e vencimentos. Tudo isso, sem perder a capacidade de investir mais que os limites constitucionais em Educação (28%) e Saúde (19%), além de executar um extraordinário plano de obras de requalificação, restauração e recuperação de Salvador, com recursos próprios. Quando vemos a Prefeitura construindo 40 creches, 9 UPAs, e prestes a iniciar a construção do primeiro hospital municipal, sabemos que os servidores também são valorizados e abrem-se novas oportunidades de ingresso. Quando vemos a Prefeitura arcar com R$ 54 milhões de reais, apenas no primeiro quadrimestre, para garantir o equilíbrio do sistema próprio de previdência (Previs) e, consequentemente, pagar regularmente aposentados e pensionistas, sabemos que há responsabilidade inclusive com os servidores inativos. Quando vemos a Prefeitura implantar, com o meu voto, o plano de saúde dos servidores municipais, sabemos que existe compromisso com todos que compõem e trabalham para prestar serviços à população. Por tudo isso, continuarei firme na defesa da Administração Pública, inclusive de seu pessoal, com equilíbrio e responsabilidade, para garantias do bem comum e do interesse geral da sociedade.


Me desculpe, mas não tinha a pretenção de ficar debatendo sobre o piso dos agentes. Afinal, quase toda semana vocês têm representação na Câmara ou nas audiências e sempre foram tratadas com respeito e transparência. Não seria indelicado de pedir que publique aqui o seu contracheque. Aliás, assim como o meu salário é de conhecimento público, basta acessar o site www.cms.ba.gov.br, a remuneração dos servidores é de maneira geral conhecida. Neste sentido, participei no ano passado da mesa de negociação entre a Prefeitura e os sindicatos, quando foi admitido que o valor médio da remuneração dos agentes era de aproximadamente R$ 1.800,00, superando significativamente o valor sugerido para o piso nacional de R$ 1.014,00. Ora, se isso não for verdade, basta provar com informações objetivas e verdadeiras. Se necessário for, farei um pedido de informações à Secretaria Municipal de Saúde e tornarei pública a resposta. Repito, não tenho competência para negociar salário de servidores. O que faço é defender o equilíbrio e a responsabilidade fiscal para garantir, além do pagamento melhor possível ao pessoal, as obras de infraestrutura e os serviços públicos para a população em geral. neste sentido, fico satisfeito, por exemplo, quando constatamos que a Prefeitura ampliou a atenção básica de 18% para 48%, com novas USF e novas equipes. Quando constatamos que a atual gestão pegou a Prefeitura com uma única UPA e vai entregar com 9 novas UPAs. Quando vamos ver o início da construção do primeiro hospital municipal. Enfim, esse é o espírito da coisa pública."

O vereador, me bloqueou no face, ates que possa respondê-lo. Mas aqui vai a minha resposta:
É muito fácil para quem teve 75% de reajuste e ganhando R$ 18.900,00 por mês fora o auxílio gasolina, verba de gabinete e fora as empresas dos "parentes", que realizam contratos com a prefeitura. Diante deste exposto: Tenho algumas indagações ao vereador Claudio Tinoco:


Admirei seu posicionamento na greve de 2015, ao tentar intermediar junto a gestão a melhor resolução para a saída greve. Gostei de sua postura e o sr. conquistou meu respeito.

Mas ao senhor dizer que é LEGÍTIMO, os ACS e ACE, continuar recebendo R$ 788,00 de salário base, com certeza me chateou muito. Mas quero fazer algumas indagações:

1) O senhor acha legítimo que os Agentes de Saúde recebam R$ 788,00 de salário base, já que a lei federal 12.994/14, diz o que o Piso Salarial dos ACS e ACE é de R$ 1.014,00?

2) O senhor acha legítimo que o prefeito ACM Neto, descumpra até uma decisão do STF, qu diz que Piso Salarial é salário base?

3) O senhor acha legítimo que o "seu prefeito" ACM Neto, passe por cima da lei que institui o PCV, que ele mesmo assinou, e não pague os avanços de competência na data prevista?

Não quero dar uma aula de Direito Constitucional para o sr., já que como criador de leis, deveria ter o mínimo de conhecimento.

Se estas coisas são legítimas, infelizmente é da mesma laia de Jucá, Cunha, Temer e Renan....

Ah! Se o sr. acha que o meu salário de R$ 1.800,00 bruto, porque de salário líquido, recebo R$ 1.400,00, sugiro que troque de salário comigo vereador, que ficarei muito feliz!!!

#VOMITAÇO
#FORATINOCO
#REAJUSTE0ÉOESCAMBAL

Vamos na rede social dele, incomodá-lo, até que se retrate! REAJUSTE 0% É O ESCAMBAL

O que mais me impressiona é que temos 2 sindicatos, 4 associações e NENHUMA SE MANIFESTOU! SÓ DECEPÇÃO!!!
Compartilhe: