Compartilhe nas redes sociais

domingo, 11 de setembro de 2016

Após reajuste 0% para os servidores, travar avanço de competência, ACM Neto que reduzir direitos da aposentadoria do Servidor!


Olá colegas! Depois de três anos de arrochos salariais, reajuste 0%, o prefeito não cumprir a lei 12.994/14, que institui o Piso Salarial para os Agentes de Saúde, o pacote de maldades do prefeito ACM Neto (DEM), não acabam. Agora ele quer estragar nosso futuro: Aposentadoria. Leia abaixo:


DECRETO Nº 27.603 de 22 de agosto de 2016

"Cria Grupo de Trabalho para execução de estudos e elaboração de proposta objetivando o equilíbrio financeiro e atuarial do
Regime Próprio de Previdência Social dos Servidores Públicos Municipais do Salvador e dá outras providências.

O PREFEITO MUNICIPAL DO SALVADOR, CAPITAL DO ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições e com fundamento no artigo 52, inciso V, da Lei Orgânica do Município,

DECRETA:

Art. 1º Fica criado Grupo de Trabalho com o propósito específico de realizar os estudos necessários e elaborar proposta objetivando o alcance do equilíbrio financeiro e atuarial do Regime
Próprio de Previdência Social dos Servidores Públicos Municipais de Salvador – RPPS, observados os dispositivos aplicáveis da Lei Federal Nº 9.717, de 27 de novembro de 1998.

Art. 2º O Grupo de Trabalho criado no art. 1º será composto por um representante de cada órgão a seguir:

I - Secretaria Municipal de Gestão – SEMGE, que o presidirá;
II - Secretaria Municipal da Fazenda – SEFAZ;
III - Procuradoria Geral do Município do Salvador – PGMS;
IV - Instituto de Previdência do Salvador – PREVIS.
Parágrafo único. Os representantes a que se refere o caput deste artigo serão designados pela Secretária Municipal de Gestão, através de portaria, mediante indicação dos titulares dos órgãos
e da entidade relacionados dos seus respectivos representantes, em até 8 (oito) dias da publicação do presente Decreto.
Art. 3º O prazo para execução dos estudos e elaboração da proposta objeto do art. 1º será de 180 (cento e oitenta) dias contados da data de publicação deste Decreto.
Art. 4º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DO SALVADOR, em 22 de agosto de 2016.

ANTONIO CARLOS PEIXOTO DE MAGALHÃES NETO"

Segundo fontes internas do Tomé de Souza que não quis se identificar, algumas das propostas são aumentar o valor da contribuição e o tempo de serviço. Resumindo: Teremos que pagar mais caro e trabalhar mais tempo para se aposentar...

Vem chumbo grosso por aí!!!

O prefeito que já ferrou nosso presente, agora quer ferrar nosso futuro!!
Compartilhe: