Compartilhe nas redes sociais

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

PARABÉNS PELO NOSSO DIA NACIONAL DO SERVIDOR PÚBLICO! Afinal, quais os desafios? E temos o que comemorar?


Olá colegas, hoje é o nosso dia: Dia o servidor público! Apesar das dificuldades, salário pequeno (para a a maioria), vocês sabem a história, como veio essa data e principalmente, Será que vale a pena comemorar? Vamos conferir abaixo:

História:


No dia 28 de outubro comemora-se o dia do funcionário público. A data foi instituída no governo do presidente Getúlio Vargas, através da criação do Conselho Federal do Serviço Público Civil, em 1937.

Em 1938 foi fundado o Departamento Administrativo do Serviço Público do Brasil, onde esse tipo de serviço passou a ser mais utilizado.

As leis que regem os direitos e deveres dos funcionários que prestam serviços públicos estão no decreto nº 1.713, de 28 de outubro de 1939, motivo pelo qual é o dia da comemoração desse profissional.

Em 11 de dezembro de 1990, foi publicado o novo Estatuto dos Servidores Públicos Civis da União, das autarquias e das fundações públicas federais, a Lei nº8112, alterando várias disposições da antiga lei, porém os direitos e deveres desses servidores estão definidos e estabelecidos na Constituição Federal do Brasil, além dos estatutos das entidades em que trabalham.

Os serviços públicos estão divididos em classes hierárquicas, de acordo com os órgãos dos governos, que podem ser municipais, estaduais ou federais. Os serviços prestados podem ser de várias áreas de atuação, como da justiça, saúde, segurança, etc.

Para ser servidor público é preciso participar de concursos e ser aprovado no mesmo, garantindo assim a vaga enquanto profissional. O bom desse tipo de trabalho é que o servidor tem estabilidade, não pode ser dispensado de suas funções. Somente em casos extremos, em que se comprove a falta de idoneidade de um funcionário público, é que o mesmo é afastado de seu cargo.

Os salários dos funcionários públicos são pagos pelos cofres públicos, dependendo da localidade. Se for municipal, são pagos pelas prefeituras; se estadual, pelos governos estaduais; e se federal, pagos pelos cofres da União.

Desafios:

Depois de diversos avanços, estamos enfrentando diversos ataques. Ontem (27/10), o STF aprovou que a gestão de forma unilateral cortasse o salário dos servidores públicos, quando houvesse greve, mesmo antes de ser declarada sua ilegalidade ou de ação judicial permitindo. Coisa que no setor privado não existe, somente quando declarado a ilegalidade da greve.

A PEC 241,  que reduz drasticamente os investimentos no setor público, que já deficitário, por causa do pouco investimento piorará ainda mais a prestação dos serviços à população.

Afinal, temos o que comemorar?

Eu acredito que os desafios e a luta fazem parte da vida. Por isso acredito que temos o que comemorar!

Se formos levar em consideração, a quantidade de desempregados no Brasil, em ter o nosso de cada dia, temos o que comemorar sim.

Ser servidor público é para quem pode, e não para quem quer, por essa razão somos privilegiados de ser de uma classe que o seu ideal é servir o próximo e ser a personificação do Estado na hora de atender aos cidadãos.

Temos que lembrar, que políticos ruins são trens, e nós somos as estações. Eles passam e nós ficamos...

Por essa razão, tenho orgulho em ser Servidor Público!
Compartilhe: