Compartilhe nas redes sociais

terça-feira, 14 de março de 2017

ATOS CONTRA REFORMA DA PREVIDÊNCIA VÃO PARAR CAPITAIS NO DIA 15

As manifestações, que contarão com participação massiva de profissionais da educação, da saúde, também reivindicam mais direitos e levantarão a bandeira do "Fora, Temer". Confira a agenda completa.


A nesta quarta-feira, dia 15 de março, foi a data escolhida por milhares de trabalhadores de todo o país para lutar contra a chamada "reforma" da Previdência proposta pelo governo de Michel Temer e reivindicar mais direitos e condições de trabalho. Em todas as capitais do Brasil ocorrerão atos, manifestações e paralisações de categorias.

É o primeiro ato do ano realizado em conjunto pela Frente Brasil Popular, Frente Povo Sem Medo e o fórum das centrais sindicais. Diversos sindicatos também realizarão assembleias e atos nas categorias, sendo que a maior mobilização prevista será a dos professores e trabalhadores da educação, convocada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE).

A reforma da Previdência, pauta principal das manifestações, pretende mudar a idade mínima de aposentadoria para 65 anos tanto para homens quanto para as mulheres e aumentar o tempo de contribuição de 15 para 25 anos. Levando em consideração que a expectativa de vida nas periferias – onde se concentra a maior parte da classe trabalhadora – e em muitas cidades é de 58 anos, grande parte dos brasileiros, pela proposta, deve morrer sem conseguir se aposentar.

Em Salvador/Ba, serão dois atos: às 08:00 em frente ao Iguatemi e às 15:00 no Campo Grande

Confira aqui a agenda completa das mobilizações de 15 de março.

Fonte: Brasil 247
Compartilhe: