Compartilhe nas redes sociais

segunda-feira, 27 de março de 2017

Estado do MS, lança campanha contra dengue com prêmios e bonificações a Agentes de Saúde e população

Campanha foi lançada no auditório da Câmara Municipal (Foto: Richelieu de Carlo)
Agentes de Saúde receberão 40% do Salário Mínimo (R$ 374,80) e prêmio de R$ 1000,00. População pode ganhar prêmios, se não tiver foco da dengue. Leia a matéria completa.

A campanha contra a dengue em Campo Grande terá entre as novidades, as bonificações para os agentes de saúde e premiação para população que manter a sua residência limpa e sem foco do mosquito. O lançamento ocorreu nesta manhã (10), na Câmara Municipal, com a participação do prefeito Marquinhos Trad (PSD).

Neste ano houve uma parceria inédita entre prefeitura, Câmara Municipal e Cassems (Caixa de Assistência dos Servidores do Mato Grosso do Sul), tendo como tema: “Operação Mosquito Zero: É matar o morrer”, com o objetivo de chamar a atenção da população sobre os riscos que a cidade enfrenta com uma epidemia.

Agentes participantes farão jus a 40% do Salário Mínimo

Os agentes de saúde serão contemplados com uma bonificação de 40% do valor do salário mínimo (R$ 374,80), que será paga pelo governo estadual e repassada pela prefeitura. Foi inclusive assinado um termo de adesão no evento, para referendar este adicional, previsto em lei estadual.

O prefeito Marquinhos Trad ponderou que foi feito um "trabalho antecipado" neste ano, que culminou na redução de casos de dengue, em comparação ao ano anterior. "Foram 5 mil casos em 2016, e até agora foram registrados apenas 400 neste ano".

População pode ganhar prêmios e Agentes de Saúde podem ganhar R$ 1.000,00 de bônus.

Na campanha deste ano haverá prêmios para a população que cuidar da sua residência. Haverá um sorteio de um bairro, depois de uma rua e número de residência. Os organizadores então irão até a casa verificar se o local está limpo e sem foco de dengue. Caso esteja em ordem, o morador vai sortear um dos prêmios disponíveis.

Serão disponibilizados para campanha três motos, geladeiras, notebooks, máquinas de lavar e televisores. Para levar o prêmio o morador também precisa estar com o IPTU em dia. Já o agente de saúde responsável por esta residência vai ganhar R$ 1 mil.

A Cassems vai ajudar com o repasse de R$ 320 mil para compra de prêmios e publicidade da campanha. As atividades terão como foco orientar a população, por meio de veiculação de material informativos nas TVs, rádios, jornais impressos, portais de internet, mídias sociais, revista, outdoor, distribuições de folhetos, telefonia móvel e fixa.

A Secretaria Municipal de Saúde também vai continuar com as ações de rotina nos bairros, com eliminação de criadouros, orientação aos moradores, visitas às casas fechadas e mutirões, que devem começar na próxima semana.

Fonte: Campo Grande News
Compartilhe: