Compartilhe nas redes sociais

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Agentes de Saúde são hostilizados por traficantes em Salvador.

Olá colegas Agentes de Saúde. Hoje fico muito preocupado em dar essa notícia. Nessa sexta feira (22/11), as equipes que trabalham no combate à leptospirose foram hostilizados por
traficantes armados no bairro de Tancredo Neves, onde um dos agentes foram ameaçados de morte e teve que sair as pressas do local. Recebi várias ligações de colegas preocupados com essa situação, já que geralmente a equipe avisa ao "supervisores" sobre os perigos da região, mas estes na maioria das vezes não acreditam e obrigam os agentes a trabalharem.
Essa notícia mostra o quanto de perigo passamos no nosso dia a dia de trabalho. Ficamos expostos nos P.A's, Kombis, na vacinação onde ficamos em vias públicas.

O que vamos esperar acontecer, o que houve com os nossos dois colegas assassinados no campo Marcos Vinicius e Itamar França, no bairro de Valéria.

Vamos esperar novos colegas serem assassinados para virarem estatísticas e irmos paras as ruas com a demagogia de querer mudar o programa? Diga - se de passagem que muitos desses supervisores que não acreditam nos agentes são de uma certa associação, mas depois que o próximo colega morrer, vão as ruas com politicagens, para fazerem seus palanques políticos e comitês pré eleitoreiros com (desculpem a expressão) "desgraça" dos outros.

Um dos agentes foram cercados por cerca de 9 (nove) traficantes armados com pistolas porque o confundiram com policial disfarçado. O supervisor dessa equipe foi avisado pelo colega e ele acreditou na denúncia, e o que mais impressiona é que ele é diretor de uma associação que diz lutar para garantir nossos direitos.

Eu só quero saber como que um diretor de uma associação que assume cargo de "chefia de boca" não acredita nas palavras do próprio colega, já que o colega não iria brincar com um perigo tão grande e real e que podia ter destruído vidas de famílias. Quão a irresponsabilidade é essa? De um supervisor que é diretor de uma associação e que se diz defensor da categoria, mas está serviço da gestão. Porque são nessas horas que vemos realmente o quem é quem.

E essa situação me faz lembrar outra coisa: Quais são os critérios para o CCZ escolher seus "supervisores"? Ser diretor de uma associação? Ser cordeirinho adestrado? Ou as duas coisas?

Estão faltando pessoas competentes nas chefias, e perdoem-me a franqueza colegas: "vergonha na cara" por uma parte da maioria da nossa categoria, por aceitarmos esses tipos de condutas calados.

Vamos ver até quando pessoas incompetentes vão assumir locais onde não devem. Com a palavra o CCZ.

E já que não tem ninguém por nós no nosso trabalho, que Deus nos guarde e proteja de todo mal!!!

"As pessoas perguntam qual é a diferença entre um líder e um chefe. O líder trabalha a descoberto, o chefe trabalha encapotado. O líder lidera, o chefe guia."
Franklin Roosevelt

Nossa Hashtag:
#AgentesdeSaúde

Curta nossa pagina no Facebook:

Ivando Agente de Saúde

Participe, debata e dê sua opinião do Nosso Grupo no Facebook:

Agentes de Saúde Salvador

Participe, debata e dê sua opinião do maior Grupo sobre Agentes de Saúde no Facebook:

Agentes de Saúde do Brasil

Me add no Facebook:

Ivando Agente de Saúde

Sigam-me no Twitter:

IvandoAg.Saúde
Compartilhe: