Últimas Notícias

DIVEP suspende o uso do Piriproxyfen na Bahia. Mas nem todos os produtos foram suspensos. Fiquem antenados lendo nosso blog!


Após Agentes de Endemias divulgarem nas redes sociais e o nosso blog divulgar os efeitos adversos da nova fórmula do Piriproxyfen, a Diretoria de Vigilância Epidemiológica do Estado da Bahia – DIVEP, suspendeu a partir do dia 12/06/2018, a proibição do uso nos trabalhos de campo do larvicida "Piriproxifem " da marca Limitor, ficando somente autorizado por enquanto o uso do Piriproxifem importado da marca "Sumilarv"0,5(embalagem branca).

Em áudio divulgado a coordenação da DIVEP informa que já entrou em contato com Cristiane Vieira de Assis Pujol Luz, do Ministério da Saúde, a qual informou que providências já estão sendo tomadas para resolver a questão das reações adversas após o uso do Piriproxifem, e que o ministério já está enviando uma nova remessa de do produto importado para abastecer os 417 municípios do estado.

É esperada também a chegada de uma equipe do ministério da saúde no estado, para que a mesma faça um estudo mais detalhado das reações adversas causadas pelo o uso do larvicida.

Enquanto não chega o larvicida importado os ACE’s deverão continuar fazendo o seu trabalho de campo normal, com o levantamento de índice e eliminação dos criadouros do Aedes aegypti, ou seja, só o trabalho mecânico.

Não é todo Piriproxifem proibido.

Segundo a DIVEP, o tratamento continua normalmente só para os municípios que ainda tem em estoque o Piriproxifem "importado", caso contrário está proibido qualquer tipo de tratamento. Existem diferenças de embalagem. O da embalagem com cores vermelhas, estão proibidas, já o da embalagem da cor branca, o uso está liberado. Veja abaixo as diferenças das embalagens:


Município de Salvador se manifesta mediante repercussão do assunto:

Após nosso blog divulgar a denúncia em primeira mão e a notícia ganhar repercussão na categoria, muitos municípios se manifestaram, dentre eles a capital, Salvador. Através da coordenadora do SUGARBO, Isolina Miguez

"Prezados Boa tarde

Soube que alguns de voces receberam um áudio sobre o larvicida pririproxifen. A SUGARBO/CCZ/Salvador  informa a vocês que este larvicida distribuído pelo CCZ/Salvador para as atividades de controle focal é o mesmo que é utilizado há muito tempo da marca Sumilarv. O larvicida que foi observado problemas em alguns ACEs no interior é o da marca Limitor. NÃO foi e NÃO será distribuído para o campo pelo CCZ/Salvador. Solicito que repassem essas informações para os supervisores e ACEs.
Segue para conhecimento de todos e  divulgação entre os supervisores e ACEs a nota da DIVEP/Ba que trata sobre este assunto.
Estou à disposição para maiores esclarecimentos.

Isolina Miguez"

Ouça o áudio abaixo que está circulando nas redes sociais:

comentário(s) pelo facebook: